Acerte no tipo de tubo em seu encanamento

 

Quando se desenvolve o projeto de encanamento de sua obra, a ideia que vem à cabeça é: “Vou à loja, comprarei tantos tubos de PVC e pronto!”. Na verdade, a tarefa é mais complicada do que parece.

Ao ir ao mercado comprar esse tipo de material, você irá se deparar com uma série de produtos diferentes, o que pode gerar dúvida, caso você não tenha um conhecimento minimamente técnico sobre as tubulações ou até mesmo esteja por fora do projeto.

Por isso, hoje vamos expor e caracterizar os principais tipos de tubo que você pode comprar.

Tubo de PVC

Fabricado em cloreto de polivinilo (PVC), essa tubulação é a mais comum em residências. Suas principais vantagens são sua resistência contra oxidação, corrosão e à alta pressão , para realizar conexões, esse tubo não exige soldagem. Com isso, o material se mostra bastante duradouro e barato, sendo necessária a troca apenas quando o cano realmente estiver danificado.

A desvantagem da tubulação em PVC é que ele não pode ser utilizado para aplicações com água quente, pois pode ocorrer a deformação com o calor. Portanto, pias, banheiras e máquinas de lavar precisam de outro material para receber água quente. Também importante, é que, exposto à luz UV dos raios solares, o material pode se degradar.

Tubo CPVC

Este modelo é fabricado em PVC, mas com uma camada extra de cloro. Isso traz maior durabilidade à tubulação. Ao contrário do material anterior, ele é resistente à água quente e seguro para enviar água potável.

O interior do tubo é suave, fazendo com que ruídos de água sejam minimizados, ao contrário do que acontece com a tubulação de cobre.  Como é bem isolado, o cano tem pouca perda de energia em sistemas de água quente ou fria. Além disso, o cano CPVC é flexível, tornando sua aplicação mais fácil. Embora seu preço seja um pouco maior, o investimento vale muito a pena.

Tubo de cobre

Os tubos de cobre se tornaram muito comuns em residências, principalmente a partir da década de 1960. Sua grande durabilidade e resistência são as grandes vantagens que o material oferece ao consumidor. Além disso, o cobre aguenta a pressão para sistemas de água quente e por não se degradar em contato com a água, ele é seguro para água potável.

Porém, seu preço é um dos mais elevados do mercado e pode ser um atrativo para criminosos, já que o cobre é um material bastante valioso.

Tubo PEX

Podemos dizer que este tubo é um coringa na hora de adicionar ou remodelar seu sistema encanamento. O tubo PEX possui grande flexibilidade, podendo ser encaixado, com ajuda de uma ferramenta específica, em uma tubulação já existente, como cobre, PVC e CPVC.

Esse modelo também é bastante resistente, podendo ser aplicado em sistemas de água quente. Porém, ele não pode ser ligado diretamente ao aquecedor. É necessário, então, uma tubulação de cobre primeiro para depois aplicar o PEX como sequenciador.

Tubo PPR

Fabricado em polipropileno copolímero random, esses tubos são unidos por termofusão a 206º, sendo indicados para sistemas de água fria e quente. Ele é um destaque no mercado, pois apresenta grande limpeza, rentabilidade, segurança e aplicabilidade.

O tubo PPR é muito aplicado em redes de tubulação de água potável quente e fria, sistemas de aquecimento, redes de água gelada em sistemas de ar-condicionado, em sistemas de águas pluviais ou piscinas, entre outras.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *