Alarmes de incêndio: centrais convencionais ou endereçadas?

 

Os incêndios são eventos que acontecem, muitas vezes, por pequenos descuidos e se tornam ainda mais perigosos quando ocorrem dentro de um imóvel ou em empresas que trabalham com produtos inflamáveis. Isso porque, geralmente, as chamas se iniciam de forma lenta e imperceptível. Ao notar o fogo no ambiente, pode ser tarde demais para tomar alguma atitude.

Para alertar os trabalhadores daquela empresa ou os moradores da residência, os alarmes de incêndio são uma mão na roda. Por meio de avisos sonoros, ele ajuda a alertar sobre um foco de incêndio ainda no início, dando maior tempo para que as pessoas possam apagar o fogo ou até mesmo fugir para se protegerem.

Se você se quiser procurar por este equipamento, irá se deparar com dois modelos básicos nas lojas: os com centrais convencionais ou com centrais endereçadas.

No primeiro caso, o equipamento é indicado para ambientes menores, com poucas divisões. São instalados um ou mais detectores pelo local e, ao ser acionado, ele emite um alerta avisando que, em algum lugar, há um foco de incêndio.

Já a central endereçada, embora funcione de maneira bastante semelhante quanto ao alerta, ela se torna um pouco mais eficiente. Isso porque os detectores são ligados individualmente à central, mostrando o local específico em que está ocorrendo o incêndio.

Antes de comprar seu sistema de identificação de incêndio, analise a necessidade de seu imóvel, peça ajuda a um especialista e identifique qual o melhor sistema para você.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *