Como Escolher as Cores na Hora de Pintar?

Escolher as cores para a pintura de sua casa não é uma tarefa trivial e  ter alguma instrução sobre as cores e suas paletas pode garantir um bom resultado nesta empreitada, dando mais personalidade à sua obra.

As cores, como sabemos, podem ser classificadas nas categorias de primárias, secundárias e terciárias.

As cores primárias — o vermelho, azul e amarelo — dão origem a todas as outras; as secundárias surgem da combinação de duas cores primárias; as terciárias, por fim, surgem da combinação entre cores primárias e secundárias.

O Círculo Cromático, desenvolvido à partir das observações do filósofo Goethe e outros estudiosos, é um bom ponto de partida para escolher cores e combinações: trata-se de uma representação simplificada das cores que os olhos podem perceber, dispostas harmonicamente em 12 “fatias” de um círculo, formando combinações agradáveis e sutis.

À partir dele podemos observar as cores análogos, complementares e as tríades:

Análogas

As cores vizinhas são chamadas de análogas. Há pouco contraste entre elas, mas sua combinação pode render resultados bem mais interessantes do que uma simples pintura monocromática.

Complementares

As cores que ocupam lados opostos no círculo são complementares. Elas tem alto contraste e proporcionam muito fortes e ousadas.

Tríades

Tríades são combinações de três cores com posições equidistantes — imagine um triângulo equilátro desenhado dentro do círculo. Devem ser usadas com cuidado porque produzem resultados bastante “intensos”.

O estudo das cores é um assunto amplo, que envolve ainda seus efeitos e significados, mas estes fundamentos, ainda que básicos, podem apoiar suas escolhas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *