Como Iluminar um Ambiente

Ter uma boa iluminação é sinônimo de conforto e eficiência nas tarefas do cotidiano e no dia a dia; planejar os pontos de luz, tipos de luminária, lâmpadas e cores conforme as necessidades do ambiente e dos usuários pode ser muito útil e significativo.

Sala

A sala é o centro de muitas atividades: cada vez mais usamos este espaço, para reunir a família e os amigos, assistir TV, ouvir música, comer ou simplesmente descontair e descansar. Recomendamos que exista a possibilidade de serem acionados separadamente os pontos de iluminação para cada setor de móveis, tornando fácil iluminar um ambiente ou todos de uma vez.

Sala de Jantar

A sala de jantar pode ter um toque especial e convidativo quando existe uma luminária destacando a mesa, por meio de um pendente ou, de forma mais clean, dando mais amplitude, com luzes embutidas no forro. A cor da luz fica a critério de cada um, porém são indicadas as amarelas ou brancas. A sala também ficará muito bonita caso tenha um destaque de iluminação nas paredes com enfeites ou revestimentos, valorizando o visual.

Cozinha

A cozinha deve ser funcional. Mas, como muitas vezes serve também como área social, principalmente quando conjugada com a sala, é importante dar prioridade aos locais que precisam de mais luminosidade como bancadas, locais de manuseio de alimentos e circulação; o espaço em que são feitas as refeições deve ter uma iluminação mais forte e branca.

Banheiro

O banheiro é um espaço pequeno e menos utilizado, mas sua iluminação é igualmente importante. Uma luz próxima aos espelhos, e direcionada, pode fazer toda a diferença para retocar a maquiagem ou fazer a barba; também é necessário um ponto de luz para iluminar a região do chuveiro. Dê preferência à luz branca e forte.

Quarto

O quarto requer um ambiente mais íntimo e aconchegante. É importante ter pontos específicos de iluminação nas cabeceiras e armários, dispensando o uso constante da iluminação geral. A luz geral não precisa ser tão forte.

Escritório

No ambiente de trabalho a prioridade são os locais onde serão excetuadas as tarefas do dia a dia, evitando exageros e com cuidado para não ofuscar a tela do computador, se for este o caso; adicionar uma luminária à escrivaninha é quase sempre uma boa opção. A luz natural também deve ser controlada para que não fique fora dos limites.

A iluminação, em linhas gerais, deve manter os ambientes confortáveis aos olhos e dentro dos padrões visuais, para evitar incômodos ou problemas na visão.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *