Cooktop são compactos, práticos e agregam à decoração da cozinha

A cada dia, os eletrodomésticos estão ficando menores, mais funcionais e com um aspecto estético bem interessante. Na cozinha, um equipamento que predomina e está presente em praticamente todas as casas é o fogão.

Na história, ele já teve diversos formatos – fogueira, à lenha, à gás, com acendedor elétrico, etc. –. Com a evolução tecnológica e a necessidade por praticidade pelos consumidores os fogões passaram por várias modificações.

Um modelo que é bastante comum nas casas é aquele quadrado, com quatro ou seis bocas e forno embutido. São relativamente compactos, mas ainda ocupam um certo espaço na cozinha.

Mas algo que está se tornando bastante comum atualmente é a troca desses fogões convencionais pelos cooktops. Eles são embutidos no móvel – bem compactos – práticos e se adéquam bem melhor à decoração do ambiente.

Hoje, vamos oferecer algumas dicas para você que quer adquirir um cooktop, mas não sabe muito bem como funciona ou por onde começar.

A primeira coisa a se observar é forma de alimentação da chama, que pode ser à gás ou elétrico. No primeiro caso, basta ter um botijão comum de gás, que já é o suficiente para seu acionamento. Ele possui grades, como um fogão normal, e qualquer panela pode ser usada no cozimento.

Já o modelo elétrico possui duas vertentes. O primeiro permite um controle de temperatura muito maior, permitindo esquentar qualquer tipo de alimento com muito mais velocidade. Na segunda opção, há o cooktop elétrico por indução. Nele, é criada uma corrente elétrica que irá esquentar a panela sob a área de calor. Porém, apenas panelas com fundo reto e produzidas em ferro ou liga de aço inox que funcionam neste tipo de fogão. Por isso, fique atento as suas necessidades e condições materiais.

A bancada em que o equipamento será instalado também é extremamente importante. Ela deve ter de 2 a 6 centímetros de espessura e ser resistente a altas temperaturas. Normalmente, o cooktop é apoiado em pedras de granito. Confirme, também, se o tamanho da bancada comporta o perímetro do fogão.

Esse planejamento de medidas também vale para o forno, que exige uma folga dentro do móvel e uma saída de ar para evitar o superaquecimento, assim como a entrada de gás, no caso dos modelos que utilizem esse método de acendimento.

Por fim, escolha um modelo que agrade visualmente e combine com a decoração já existente no local. O mercado oferece diversos tipos de cooktop, podendo ser em aço escovado ou no famoso “black piano”.

Vale destacar que a instalação deve ser feita por um profissional especializado para garantir o perfeito funcionamento do equipamento.

Se interessou por um cooktop ou já tem um? Conte para gente o que acha da experiência de cozinhar fora de um fogão convencional.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *