Cuidados com o Acabamento da Obra

Qualquer reforma, por menor que seja, pode trazer contratempos e problemas que podem acarretar despesas ainda maiores do que aquelas que estavam previstas.

Neste sentido, é necessário tomar alguns cuidados para que sua reforma não seja comprometida e gere mais custos do que o necessário.

Para ter certeza de que está economizando, venha ao nosso site para ver os melhores preços dos melhores produtos!

Para garantir que não ocorram estes problemas os cuidados com o acabamento da obra é de muita importância para que futuramente não seja motivo de uma nova reforma.

O acabamento deve ser tratado com muita atenção. As paredes precisam de uma superfície bem lisa e limpa de qualquer tipo de sujeira ou algo que dificulte na aderência da tinta. Caso os móveis sejam embutidos a dica é deixar a segunda demão de tinta na parede para depois do termino da instalação. Se for o caso, esta dica também é bem vinda para aplicação da resina para pisos de madeira.

A tinta utilizada deve ser de uma marca de confiança e não deve ser muito diluída. Pintar sobre paredes úmidas não e recomendado e, dependendo do caso, a parede pode precisar da aplicação de um fundo preparatório antes da ser pintada para auxiliar no melhor assentamento da tinta.

Para a fixação dos pisos e azulejos uma boa argamassa e rejunte devem estar presentes em sua colocação. Na falta destes itens evite utilizar cimento, não é próprio e pode não ser eficiente, o melhor é comprar um saco de argamassa ou rejunte sobressalente do que futuramente ter que trocar peças do piso ou até mesmo todo o piso.

Já em relação à qualidade dos pisos e azulejos não são indicados os de baixa qualidade. Na maioria das vezes esses modelos não possuem seu tamanho milimetricamente iguais, causando diferenças no rejunte e dando mais trabalho ao azulejista. Além disso traz um acabamento que não é bem visto.

Caso na reforma os pisos ou azulejos não forem trocados tome o cuidado de cobrir para evitar riscos ou choques que os danifiquem, o ideal é usar placas de madeira ou borracha para protegê-los.

Lembrando que, antes iniciar a obra, a parte elétrica e hidráulica não pode ser esquecida, é preciso verificar se existe necessidade de manutenção nestes itens. Veja se será preciso substituir cabos, conduítes, ou canos para que não haja aborrecimentos futuros devido o esquecimento de pequenos detalhes, causando a necessidade de mais uma obra.

Estas são apenas algumas dicas básicas para uma reforma. Jamais deixe de planejar. O planejamento deve ser a primeira etapa de uma reforma e deve ser feito com cautela para evitar custos desnecessários e todo aquele aborrecimento que uma reforma indesejada pode trazer.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *