Encanamento bem planejado e de qualidade evita reformas no futuro

Ao preparar o projeto de seu imóvel, um quesito que deve estar muito bem definido no papel é a instalação hidráulica. Por conta da complexidade estrutural que esse processo exige e por ser embutido na parede, fazer alterações no encanamento futuramente pode se tornar uma dor de cabeça imensa.

Na cozinha, por exemplo, identificar com precisão o local em que o encanamento será instalado irá ditar exatamente onde a pia para limpeza das louças e lavagem de alimentos estará. Da mesma forma, no banheiro, o projeto determinará onde ficarão o vaso sanitário, torneira e chuveiro.

Para acertar na parte hidráulica, algumas dicas podem nortear essa etapa e te deixar atento a algumas questões muito importantes, como qualidade, segurança e padronização de instalação.

Em primeiro lugar, os encanamentos devem ser instalados dentro das normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Para tubulações novas, é preciso seguir a regra NBR 5680, que regulamenta o tamanho dos tubos de PVC. No caso de instalações de água fria e quente, regem as NBRs 7198 e 5626.

Outro ponto importante é escolher um produto de qualidade. Para garantir, procure canos certificados pelo Inmetro. Isso diminuirá muito a necessidade de uma reforma futura por problemas no encanamento.

A qualidade também vale para as juntas hidráulicas, que são responsáveis por juntar um cano ao outro. Se escolher um produto muito inferior, há maiores chances de haver vazamentos dentro da parede.

Na cozinha, o recomendado é utilizar a famosa caixa de gordura. Ela armazena todos os resíduos da lavagem das louças em um recipiente, evitando que eles atinjam a rede de esgoto e o entupimento do encanamento. A caixa deve ser limpa regularmente para estar sempre em pleno funcionamento.

O mau cheiro que vem dos canos é muito desagradável. Por isso, fique atento na parte de sifonagem e ventilação da tubulação. Se não houver algum desses sistemas, há grande chance do odor se espalhar por todo o imóvel.

Converse com seu arquiteto, planeje bem a disposição do encanamento e evite gastos desnecessários com reforma no futuro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *