Erros são comuns nas instalações e reformas hidráulicas

O ditado “o que os olhos não veem, o coração não sente” pode servir como início de conversa sobre os encanamentos. Muitas vezes, materiais de baixa qualidade são comprados pelos proprietários. Como não ficam à vista após a instalação, os problemas raramente são percebidos ou até mesmo incomodam os moradores, então sempre é bom visitar nosso site e encontrar os melhores produtos!

Desta forma, alguns cuidados antes do início das obras e durante as reformas são imprescindíveis para que você não caia em ciladas e acabe gastando tempo e dinheiro com remendos.

Converse com o encanador sobre a estrutura hidráulica

O planejamento do sistema hidráulico é de grande importância. Passar apenas as instruções de onde cada torneira ou vaso sanitários estarão localizados não irá traçar um plano estratégico. Por isso, entenda todo essa estrutura como um todo  e converse com seu contratado.

Não olhe apenas para a beleza

Comprar louças e torneira é um momento delicioso. Mas muitas vezes é observada apenas a beleza desses itens, e não o contexto em que ele será instalado. Por exemplo, um chuveiro com aquecimento solar ou à gás requer que a caixa d’água esteja a uma altura mínima para levar pressão à ducha. Portanto, analise, antes de comprar, se aquela peça se encaixa em seu sistema hidráulico.

Utilize mais de um registro no imóvel

Em caso de reformas, essa dica pode ser muito prática. Ter registros em áreas como banheiros, cozinha e área de serviço permite desligar o sistema daquele local. Assim, quando for fazer algum reparo, apenas aquele cômodo ficará sem água, não o imóvel inteiro.

Compre peças da mesma marca

Embora os tubos e conexões possam parecer idênticos, marcas diferentes podem apresentar características distintas, impedindo que materiais de fabricantes diferentes não se encaixem corretamente.

Armazene com cuidados os materiais

Para um bom armazenamento, os tubos devem ficar sempre em posição horizontal. Já as conexões, precisam ser guardadas em sacos plásticos ou caixas. Deixe-os em local sombreado para evitar danos.

Faça medições precisas

Medir corretamente onde cada vaso sanitário ou pia serão instaladas é muito importante. Se feita de qualquer jeito, pode haver pouco espaço ou até mesmo inutilizar alguns equipamentos.

Não feche a parede antes de testar o encanamento

Antes que o pedreiro comece a fechar a parede, peça para o encanador conferir se há algum vazamento na tubulação e se a água está chegando de forma adequada em todos os pontos de saída. Assim, você terá tempo e menos trabalho para reparos.

Não instale pias, torneiras e privadas antes de terminar o acabamento

O trabalho do encanador se divide em três momentos. Instalação da tubulação, pausa e retorno para instalar lavatórios, pias, vasos sanitários e torneiras. Essa recomendação é valiosa, pois a tarefa de acabamento pode danificar peças caras, impedindo a troca do mesmo com a loja.

Não descarte o plano de instalação hidráulica

Após a conclusão da obra, muitas pessoas acabam jogando fora o desenho técnico da parte hidráulica. Isso dificulta o acesso em caso de reformas. O ideal é guardar este documento e tirar fotos de todas as paredes e do chão ainda com todos os tubos aparentes.

Cheque os pontos de saída de água

Já imaginou você ter todos os azulejos instalados, pisos perfeitamente alinhados, revestimentos, tudo pronto em sua cozinha. Mas na hora de instalar a pia, não há saída de água. Por isso, planeje com antecedência os pontos de saída e certifique-se de que eles estão lá antes de revestir o ambiente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *