Maior parte do Brasil usa tensão 110v

 

A tensão nas tomadas dos imóveis varia de acordo com a cidade, estado e região do país. Em alguns locais, você se deparará com ligações em 110v, enquanto em outros, optam pela utilização dos 220v.

Essa diferença se encontra, principalmente por uma questão histórica. No início do século 20, cidades do sul do país, possuíam um grande número de indústrias europeias. Como os equipamentos trazidos funcionam, na matriz, na tensão 220v, essa região acabou adotando esse sistema para suprir a necessidade das companhias.

No mesmo período, a região sudeste se tornou uma grande importadora de equipamentos eletrônicos estrangeiros, principalmente norte-americanos. Como a tensão de origem é 110v, a mesma se manteve no Brasil.

Mesmo assim, grande parte do nosso país optou pela tensão de 110v, pensando na segurança dos usuários da rede elétrica. Isso porque um choque resultante de 220v pode gerar danos mais graves a uma pessoa do que em tensões menores.

Diante dessa informação, pode-se pensar que 220v pode fazer com que os aparelhos que utilizam essa tensão consumam mais energia por ser “mais forte”. Na verdade, o consumo de energia em ambas as situações é a mesma, já que os equipamentos funcionam com mesma potência elétrica, sendo seu gasto analisado em consumo de kWh.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *