O que não pode faltar na minha obra?

Para que a execução de uma obra tenha sucesso, é preciso planejamento. Antes de começar uma construção é preciso procurar profissionais especializados, calcular possíveis custos diretos e indiretos e, claro, encontrar materiais de qualidade.

Falando em material, sabemos que essa etapa é uma das mais importantes e também mais difíceis na construção. Isso porque além dos preços variados, uma compra não planejada pode ocasionar gastos desnecessários.

Pensando nisso, nós do Clic da Obra, preparamos algumas dicas para você construir uma lista de materiais básicos para sua obra. Para começar, dividimos a obra em 4 etapas: estrutura, cobertura, alvenaria e acabamento.

Estrutura 

A primeira etapa não poderia ser outra.  É ela a responsável por suportar todo peso da construção e garantir a segurança dos futuros moradores do imóvel. Para essa fase, são indispensáveis materiais como: 

  • Pilar
  • Laje
  • Fundação
  • Viga

Alvenaria

A parte de alvenaria é dividida entre estrutural e convencional. A primeira, a estrutural, tem, como o próprio nome já diz, função estrutural, dispensando o uso de vigas e pilares na construção. Já a convencional,  que é mais comum no Brasil, tem somente a função de vedar os vãos das paredes.

Para esta etapa, os materiais indispensáveis são: Emboço, cimento, vergalhão, tijolos, areia, graute, caixas de luz, reboco, tubos de PVC

Cobertura

No Brasil, o tipo de cobertura mais utilizada é o clássico telhado cerâmico. Apesar de ser o mais popular, existem outras opções como: vidro, sape, madeira e concreto. Esse último, é um dos queridinhos do momento.

Adicione pregos, calhas, manta térmica, vigas à sua lista.  

Acabamento

Chegou o momento de escolher as peças que farão parte do acabamento. Para esta etapa, é importante ter em mente que os gastos serão maiores que as outras 3. Além disso, o tempo para finalização também é maior. Isso porque para a última etapa, é preciso a contratação de diversos profissionais como eletricistas, pintores, encanadores e cada um tem o seu tempo de processo. 

Na sua lista, inclua portas, interruptores, canos, pincéis, tintas, azulejos, janelas, entre outros. 

Depois de dividir as etapas e listar os materiais necessários, faça uma pesquisa antes da compra dos itens listados. No site do Clic da Obra, você poderá encontrar os materiais necessários para sua obra, com os melhores preços. 

Cerâmico, concreto ou vidro: Qual a melhor escolha?

Entre os itens básicos para construção de uma casa, apartamento ou comércio está o tijolo. Na hora de escolher o produto certo, é ideal que alguns fatores sejam levados em conta, como a necessidade do cliente, orçamento disponível, clima de onde mora e também a resistência do material. 

Antes de optar por um modelo, é necessário saber se é de qualidade, seguro e também se combina com o estilo do projeto idealizado para cada cliente. Existem hoje no mercado, diversos tipos de tijolos, dos cerâmicos, passando pelos de concreto e até os de vidro

O primeiro é o modelo mais comum e pode ser encontrado na maioria das construções. Ele, que serve para vedação, está disponível em vários tamanhos e é feito a partir da queima da argila. As cores podem variar de clara, quando cozida, e escura, em casos de recozimento.

Além do uso para criação de estrutura, alguns ainda podem ser utilizados na criação de lajes. 

Dentro deste grupo de cerâmicos estão os tijolos baianos, laminados, maciços e ecológicos . O baiano é velho conhecido das construtoras. Com 8 furos em cada peça, ele tem ranhuras que ajudam na hora de aderir a argamassa. Já o laminado, é mais charmoso e usado normalmente para montagem de churrasqueiras. 

Se o ambiente for baseado em modelos industriais, rústicos e minimalistas, os tijolos maciços podem ser a escolha ideal. O item, que está dentro do grupo de tijolos à vista, é excelente para quem deseja um isolamento acústico eficiente e também resistente.

Os ecológicos são uma tendência cada vez mais forte. Com as pessoas mais preocupadas com o meio ambiente, esse modelo pode ser a pedida perfeita. Fabricado sem nenhum tipo de queima e liberação de gases tóxicos, ele não necessita do uso de vigas e pilares de sustentação para se conectar a outros tijolos.

Os tijolos de concreto são melhores para quem deseja mais resistência e melhor isolamento acústico. Usados em construções de grande porte, como prédios, eles são feitos a partir da mistura de cimento, areia, agregado, aditivo e água. Também, assim como os de cerâmica, são utilizados para vedação e ficam incríveis para projetos minimalistas. 

O tijolo ou bloco de vidro entra no grupo dos bons para decoração. Com um design diferenciado e moderno, eles são perfeitos para quem deseja maior luminosidade. Ele também é uma ótima seleção para quem quer fazer meia-parede.