A instalação da parte elétrica é uma das etapas mais importantes em uma construção ou reforma. É preciso não só contratar profissionais especializados, mas também materiais de qualidade. Uma boa instalação evita erros que podem colocar em risco a segurança dos futuros moradores e usuários do imóvel. 

Pensando nisso, selecionamos três dos erros mais comuns que podem comprometer a instalação elétrica. 

Sobrecarga 

Sabemos que em algumas casas, na maioria das vezes em apartamentos, há poucas tomadas. Isso faz com que o uso de aparelhos eletrônicos, como notebooks e telas adicionais, fique limitado. Para solucionar este problema, muitos moradores utilizam réguas e benjamins para multiplicar os pontos de acesso e é aí que mora o perigo. Com diversos equipamentos ligados em um só ponto, a chance de um curto circuito aumenta.

Além disso, o problema se estende também para torneiras elétricas, chuveiros e ar condicionados. Ou seja, com aparelhos mais potentes. A dica é: nunca utilize o mesmo disjuntor para circuitos diferentes! 

Falta do DR

O DR, diferencial residual, é um componente obrigatório. Ele garante a segurança dos moradores, evitando choques elétricos. Esse dispositivo é importante principalmente em áreas nas quais há risco de conterem água, como banheiro, cozinha, piscina. 

Não fazer manutenção da fiação elétrica

Não é preciso cuidar regularmente da fiação elétrica, porém, é indispensável atenção quanto a fios danificados, desgastados ou corroídos. Isso porque além de prejudicar o funcionamento do transporte de energia, ele também pode causar possíveis acidentes elétricos.