Se você está construindo ou reformando sua casa, sabe bem que a tarefa de escolher alguns itens não é nada fácil. Com o decorrer dos anos, a indústria começou a investir em produtos que não fossem apenas funcionais, mas também atrativos aos olhos dos consumidores.

A torneira foi um dos itens que saiu do básico e hoje pode ser encontrada em diversos modelos, cores e estilos. Se você ainda está na dúvida de qual é a melhor opção para sua casa, nós iremos te ajudar! 

Torneira de mesa x de parede

A escolha do tipo de torneira é importante, porque ela define como será a execução dos pontos de hidráulica. As alturas entre a de mesa e a de parede são diferentes e influenciam no processo de instalação. Antes de escolher entre um dos modelos, pesquise e opte pelo de sua preferência.

Simples ou com misturador

A principal diferença entre esses dois modelos está na temperatura da água. Enquanto no modelo simples há apenas a opção de temperatura ambiente, no misturado é possível escolher entre a água quente ou fria.

Além disso, a torneira simples tem apenas um registro que controla a saída da água, já o misturador pode ser encontrado com um registro, o monocomando, ou dois, chamado de bicomando ou comando duplo. Neste segundo, é possível não só controlar a temperatura, mas também a vazão da água. 

Material 

Se você já se decidiu entre torneira de mesa ou de parede e modelo simples ou misturador, chegou a hora de entender quais materiais estão disponíveis no mercado. Existem dois tipos: os de metal e os de plástico ABS. 

As torneiras de plástico podem ser encontradas nas cores brancas e têm menor custo. Já as de metal, são mais resistentes à corrosão e possíveis desgastes. 

Não jogue o PVC fora

Comprar um produto é legal, mas fazer você mesmo é melhor ainda. Além de poder deixar o item do jeitinho que você gosta, tem também a parte da exclusividade e claro, do reaproveitamento de material e economia.

Ok, a parte da economia também é muito bom, né?! 

Se você acompanha o nosso blog, o que sabemos que você faz, já deve ter lido nosso post sobre decoração industrial. O conceito, que é a mais nova febre dos apaixonados por decoração, traz a combinação do rústico e do elegante, transformando os ambientes em modernos. 

Apesar de parecer difícil e complicado, saiba que é possível, com apenas algumas mudanças, trazer um toque deste estilo para sua casa. Itens feitos de metais e madeiras são sua marca registrada. 

Para nosso projeto de hoje, escolhemos um dos itens mais importantes do banheiro: o suporte de toalhas. Para começar, será necessário:

Uma prateleira de madeira do tamanho desejado, indicamos de 60 a 70 cm;

Uma peça de cano PVC de 35 cm;

Dois canos de 90 graus, para colocar nas laterais;

Adaptador com Flange;

Furadeira.

O primeiro passo é medir a madeira e deixar uma borda de 3 a 4 centímetros. Após isso, com ajuda de uma furadeira, faça um furo em cada ponta, do tamanho da circunferência dos canos, conhecidos como joelhos.

Depois, encaixe os canos, em formato de 90 graus nas laterais na peça principal. Após esse passo, coloque-o sob a madeira e junte a prateleira de madeira, formando a base.

No final, coloque o adaptador com flange e pregue-o na parede. Agora é só encaixar sua prateleira!

As vantagens da construção modular

É fato que as construções não são mais como antigamente. São diversos novos materiais disponíveis no mercado e também novas técnicas, cercadas de ajuda tecnológica, como a construção modular.

O modelo faz parte de um novo processo construtivo dos pré-moldados e pré-fabricados. Dentro dessa prática, as peças da estrutura já vem montadas. Apesar de novo, são muitos os benefícios deste tipo de construção. Para vocês entenderem melhor, trouxemos vantagens sobre o modelo.

Mais rápido

Em vez de demorar meses e até anos de trabalho, com este tipo de produto, os projetos são concluídos com mais rapidez. Isso ocorre pelo fato de que a construção modular acontece ao mesmo tempo que o trabalho é feito no local.

Mais segurança

A técnica reduz  os riscos de acidentes aos trabalhadores durante as obras.

Menos resíduos

O processo da construção modular gera menos resíduos.

Custo Reduzido

De acordo com o site Autodoc, a construção modular reduz a geração de entulhos e o desperdício de materiais em até 1/3, o que também contribui para a redução de custos.

Cerâmico, concreto ou vidro: Qual a melhor escolha?

Entre os itens básicos para construção de uma casa, apartamento ou comércio está o tijolo. Na hora de escolher o produto certo, é ideal que alguns fatores sejam levados em conta, como a necessidade do cliente, orçamento disponível, clima de onde mora e também a resistência do material. 

Antes de optar por um modelo, é necessário saber se é de qualidade, seguro e também se combina com o estilo do projeto idealizado para cada cliente. Existem hoje no mercado, diversos tipos de tijolos, dos cerâmicos, passando pelos de concreto e até os de vidro

O primeiro é o modelo mais comum e pode ser encontrado na maioria das construções. Ele, que serve para vedação, está disponível em vários tamanhos e é feito a partir da queima da argila. As cores podem variar de clara, quando cozida, e escura, em casos de recozimento.

Além do uso para criação de estrutura, alguns ainda podem ser utilizados na criação de lajes. 

Dentro deste grupo de cerâmicos estão os tijolos baianos, laminados, maciços e ecológicos . O baiano é velho conhecido das construtoras. Com 8 furos em cada peça, ele tem ranhuras que ajudam na hora de aderir a argamassa. Já o laminado, é mais charmoso e usado normalmente para montagem de churrasqueiras. 

Se o ambiente for baseado em modelos industriais, rústicos e minimalistas, os tijolos maciços podem ser a escolha ideal. O item, que está dentro do grupo de tijolos à vista, é excelente para quem deseja um isolamento acústico eficiente e também resistente.

Os ecológicos são uma tendência cada vez mais forte. Com as pessoas mais preocupadas com o meio ambiente, esse modelo pode ser a pedida perfeita. Fabricado sem nenhum tipo de queima e liberação de gases tóxicos, ele não necessita do uso de vigas e pilares de sustentação para se conectar a outros tijolos.

Os tijolos de concreto são melhores para quem deseja mais resistência e melhor isolamento acústico. Usados em construções de grande porte, como prédios, eles são feitos a partir da mistura de cimento, areia, agregado, aditivo e água. Também, assim como os de cerâmica, são utilizados para vedação e ficam incríveis para projetos minimalistas. 

O tijolo ou bloco de vidro entra no grupo dos bons para decoração. Com um design diferenciado e moderno, eles são perfeitos para quem deseja maior luminosidade. Ele também é uma ótima seleção para quem quer fazer meia-parede.