Projetos para você fazer aí na sua casa

Sabemos que com as novas restrições causadas pelo novo coronavírus, muita gente terá que passar mais tempo em casa. Por que não aproveitar esse tempinho livre para fazer algumas transformações no seu lar?  

Pensando nisso, nós do Clic da Obra, selecionamos alguns dos melhores projetos DIY, ou em português “faça você mesmo”, para você fazer aí na sua casa. Afinal, não há melhor maneira de se distrair do que fazendo arte, literalmente. 

Em nossa lista, há ideias para todos os gostos, bolsos e claro, cômodos. Prontos para saber quais são eles?

Para paredes

Não poderíamos falar de projetos DIY sem começar pelas paredes. Com apenas um balde pequeno de tinta, é possível transformar uma parede sem graça, em uma obra de arte. Tudo o que você precisa é de boas ideias e liberar a criatividade.  Falando em ideias, para dar aquele ‘empurrãzinho’ que falta, selecionamos algumas:

Meia parede

A meia-parede é uma ótima opção para quem quer gastar pouco e inovar. Através dessa técnica, ao invés de uma face inteira, a pintura é feita dividindo o espaço na horizontal. 

Formatos geométricos

Para esse formato, você pode usar triângulos, losangos, quadrados, polígonos, entre outras formas. Use e abuse das cores! 

Stencil

O Stencil para parede é usado para aplicar um desenho ou ilustração em alguma superfície. Para sua aplicação, há a opção de usar tinta ou aerossol. 

Adesivos

Com adesivos, menos sujeira 

Não quer se aventurar com as tintas, o adesivo é uma ótima forma de mudar, sem fazer muita sujeira. A aplicação dos adesivos de parede é super fácil. Basta ter uma parede simples, branca de preferência, que o próprio adesivo já vem com a cola específica.

Pallets

Com os pallets as possibilidades são muitas! Já pensou, por exemplo, em criar um jardim vertical em casa para cultivar temperos, verduras e até ervas? Ou então usá-lo como base de sofá, cama e mesas. Dá até pra arriscar e fazer cabeceira de cama. 

PVC

Utilizados nas construções e reformas, as sobras destes canos podem se tornar diversos novos móveis e até peças de decoração. Com ele, é possível fazer adegas ou organizador de vinho, organizador de gaveta, estante de livros e araras para roupas.

Agora que já está com essas dicas todas em mente, que tal colocar o plano em prática e fazer aquela mudança legal na sua casa?

O que não pode faltar na minha obra?

Para que a execução de uma obra tenha sucesso, é preciso planejamento. Antes de começar uma construção é preciso procurar profissionais especializados, calcular possíveis custos diretos e indiretos e, claro, encontrar materiais de qualidade.

Falando em material, sabemos que essa etapa é uma das mais importantes e também mais difíceis na construção. Isso porque além dos preços variados, uma compra não planejada pode ocasionar gastos desnecessários.

Pensando nisso, nós do Clic da Obra, preparamos algumas dicas para você construir uma lista de materiais básicos para sua obra. Para começar, dividimos a obra em 4 etapas: estrutura, cobertura, alvenaria e acabamento.

Estrutura 

A primeira etapa não poderia ser outra.  É ela a responsável por suportar todo peso da construção e garantir a segurança dos futuros moradores do imóvel. Para essa fase, são indispensáveis materiais como: 

  • Pilar
  • Laje
  • Fundação
  • Viga

Alvenaria

A parte de alvenaria é dividida entre estrutural e convencional. A primeira, a estrutural, tem, como o próprio nome já diz, função estrutural, dispensando o uso de vigas e pilares na construção. Já a convencional,  que é mais comum no Brasil, tem somente a função de vedar os vãos das paredes.

Para esta etapa, os materiais indispensáveis são: Emboço, cimento, vergalhão, tijolos, areia, graute, caixas de luz, reboco, tubos de PVC

Cobertura

No Brasil, o tipo de cobertura mais utilizada é o clássico telhado cerâmico. Apesar de ser o mais popular, existem outras opções como: vidro, sape, madeira e concreto. Esse último, é um dos queridinhos do momento.

Adicione pregos, calhas, manta térmica, vigas à sua lista.  

Acabamento

Chegou o momento de escolher as peças que farão parte do acabamento. Para esta etapa, é importante ter em mente que os gastos serão maiores que as outras 3. Além disso, o tempo para finalização também é maior. Isso porque para a última etapa, é preciso a contratação de diversos profissionais como eletricistas, pintores, encanadores e cada um tem o seu tempo de processo. 

Na sua lista, inclua portas, interruptores, canos, pincéis, tintas, azulejos, janelas, entre outros. 

Depois de dividir as etapas e listar os materiais necessários, faça uma pesquisa antes da compra dos itens listados. No site do Clic da Obra, você poderá encontrar os materiais necessários para sua obra, com os melhores preços.