Um diazão desse, um sofazinho novo…

A procura por um móvel pode ser exaustiva. São vários detalhes que necessitam de atenção e também de muita pesquisa. Você sabia, por exemplo, que além da quantidade de lugares e tamanho, um sofá também se difere pela densidade?

Pensando em facilitar a sua busca, nós trouxemos aqui algumas dicas pra você não errar na hora de comprar o móvel que é a peça chave da sua sala. 

Antes de tudo, é necessário saber exatamente a medida do seu espaço. Apesar de estarem descritos como sofás de dois, três ou quatro lugares, a diferença no tamanho pode atrapalhar os seus planos.

Existem, por exemplo, sofás de dois lugares que podem variar entre 1,80m até 2,60m. Por isso, atenção na medida. Depois disso, você pode começar a pensar em qual é o seu modelo preferido. 

Os tipos mais comuns encontrados no mercado são:

Tradicional Reto – Um clássico que nunca sai de moda e também um dos mais acessíveis. 

Retrátil e/ou reclinável – Para este tipo é necessário prestar muita atenção no espaço disponível. O modelo é muito confortável, está em alta e é perfeito para salas que são ao mesmo tempo de TV e também de estar. 

Formato L – Este sofá é indicado para quem quer aproveitar o canto. O formato, como o próprio nome já diz, forma uma letra L e faz com que o modelo otimize o espaço. 

Sofá-Cama – O clássico das casas de quem adora receber uma visita. Ele é como outro sofá, porém comporta uma cama dobrável, ou seja, de dia um modelo normal e, à noite, um espaço confortável para acomodar amigos e família.

Se você está na procura por conforto e durabilidade, é importante pesquisar a densidade do sofá. Na hora da compra, se atente a indicações como D28 e D33, por exemplo. Essa sigla representa a densidade da espuma e pode ser a peça chave para uma experiência mais agradável.

Normalmente a escolha deve ser feita de acordo com o quanto de peso o móvel suporta. Isso irá interferir também na durabilidade do produto. Por exemplo, um sofá com densidade D33, é indicado para pessoas com peso entre 71 kg e 100 kg. Os modelos D23 tem um preço bem mais baixo, porém pode se desgastar em menos tempo, suportando pesos de mais de 70 kg. 

As cores também podem interferir na composição da parte visual do seu ambiente. Se em espaço pequenos, opte por cores neutras, que dão a sensação de profundidade. Branco, bege, marfim e cinza claro são algumas delas. 

Se você gosta de tons mais fortes, aposte em tons quentes e neutros. Se você mora com crianças ou pets, os modelos de cor escura podem ser uma ótima opção para evitar manchas e esconder sujeiras. 

Por fim, para garantir a durabilidade do móvel, alguns cuidados não podem ser deixados de lado. Se possível, busque um serviço especializado para uma lavagem profunda a cada seis meses. A impermeabilização do sofá também ajudará a evitar danos.

No dia a dia, uma limpeza feita com aspirador de pó ou pano umedecido pode ser o suficiente.