Tipos de Fundações

Recentemente nós falamos um pouquinho sobre as fundações de um imóvel e a importância deste processo na obra, suportando o peso da edificação e transmitindo-o ao solo – confira aqui –. Hoje, vamos abrir mais este assunto e falar sobre os tipos de fundações que podem ser feitas.

Basicamente existem duas formas: as fundações rasas e as profundas, que são regulamentadas pela ABNT 6122/2010. Veja a diferença!

Fundações Rasas

Também conhecidas como fundações superficiais ou diretas, esse modelo possui pouca mão de obra em sua escavação, sendo feitas, muitas vezes, manualmente, dispensando maquinário de grande porte.

Alguns métodos para este processo podem ser feitos através de sapatas, bloco de fundação, raider e viga de fundação, em que são colocadas nas primeiras camadas do solo, normalmente com 3 metros de profundidade e são utilizadas em cargas leves, como residências.

Fundações Profundas

As fundações profundas ou indiretas distribuem a carga do terreno pela base, superfícies laterais ou ambos. Geralmente são feitas com ajuda de equipamentos de escavação. Podemos citar as estacas, tubulões e caixões.

É muito importante ter um cimento de alta resistência na fabricação das fundações, pois é o que vai garantir sua eficiência e tornar a edificação segura. O material pode ser feito diretamente na obra ou comprado em caminhão betoneira.

Outro fator importante é a proporção de cada elemento na massa, pois, para garantir sua qualidade, as medidas corretas devem ser cautelosamente adicionadas.

One Reply to “Tipos de Fundações”

  1. I see you don’t monetize your blog, don’t waste your
    traffic, you can earn additional bucks every month because
    you’ve got hi quality content. If you want to know how to make extra money, search for: best adsense alternative Wrastain’s tools

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *