Tradicional, Acartonado ou Sanca, qual a melhor opção de gesso?

Há diversas vantagens no uso do gesso na construção civil. Além do baixo custo e menor desperdício de material, o produto é de fácil montagem, tem flexibilidade, resistência e claro, isolamento térmico.


Seja para revestimento, rebaixamentos ou divisórias, o produto, assim como o cimento, tem propriedades aglomerantes, ou seja, depois de misturado com água, endurece e adquire características aglomerantes e resistência. 


São diversas as vantagens do uso do gesso nas construções, mas você sabe quais tipos que existem hoje no mercado? Trouxemos alguns dos modelos mais tradicionais para que, além de você conhecer, também tenha a certeza de que está fazendo a melhor escolha na hora da compra.


Gesso Tradicional


Indicado para locais menores, este modelo é ideal para quem deseja economia. Além do baixo custo, este tipo de gesso é mais simples, e a mão de obra para sua execução é facilmente encontrada. 


Gesso Acartonado


Este modelo tem mais resistência se comparado ao tradicional e está na lista dos preferidos quando o assunto é instalação de forros e tetos.


Sanca 


A sanca é uma modelagem de forro de gesso para uma iluminação diferenciada. Essa técnica, que traz modernidade e elegância, pode ser encontrada em estilos variados: aberta, fechada e invertida.


A primeira delas, a aberta, é indicada para quem quer uma iluminação indireta com o uso de luminárias embutidas. O modelo tem um acabamento lateral, deixando um espaço aberto na parte central. 


Já a fechada, ao contrário da aberta, não tem qualquer tipo de abertura e a iluminação deve ser feita diretamente através de pontos de luz. 


A invertida é bem parecida com a aberta. O que diferencia os dois estilos é que a abertura da inverdade é em direções específicas, como paredes ou janelas. 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *