Usando as almofadas para decoração

Existem alguns itens no mundo da decoração que podem mudar totalmente um ambiente. Apenas utilizando objetos, você pode partir de um espaço mais clássico, para o rústico, sem necessitar de grandes reformas e quebra-quebra.

Um desses acessórios é a almofada. Podendo ser encontrada no mercado em vários modelos, confeccionadas com diferentes tecidos, tamanhos, cores e design, elas são capazes de transformar um local.

Muito além da sensação de conforto e aconchego oferecida pelo item, a versatilidade também é uma de suas características mais importantes. Sabendo disso, nós do Clic da Obra, trouxemos dicas de como usar as almofadas para cada ambiente!

Sala de Estar

Não tem como começarmos a falar de almofadas sem iniciar pela sala de estar. É neste espaço que você pode usar toda criatividade e expressar suas preferências. Aposte nas cores e estampas. Opte por tons que combinem com o estilo de decoração de seu sofá, paredes e demais itens que fazem parte da composição do local.

Quarto

Para cada quarto, uma escolha diferente. Em um quarto principal, por exemplo, você pode colocá-la não apenas em cima da cama, mas também em poltronas e cadeiras auxiliares. Aposte em cores mais neutras se o espaço já conta com itens e paredes mais coloridas. Já no quarto de crianças, opte por tons coloridos e pastéis, como amarelo, azul ou verde claro. Para os adolescentes, vale a pena entender o seu estilo e ousar com almofadas mais temáticas, baseadas em livros, filmes ou bandas.

Home Office

O escritório é um local de trabalho e, por isso, é indicado cores neutras. É importante entender que as cores podem influenciar diretamente no humor e até na produtividade das pessoas. Tons fortes como vermelho ou laranja não são uma boa escolha.

E você, prefere almofadas neutras ou cheias de estampas e cores?

DIY: Tijolinho por tijolinho

Não tem pra ninguém, o tijolinho branco chegou como tendência há algum tempo e nunca mais saiu. Isso porque ele é muito versátil e pode ser combinado em qualquer ambiente, desde quartos até a sala de estar.

Existem vários modelos disponíveis no mercado, feitos de diversos materiais. Os preços também podem variar, principalmente se você desejar contar com ajuda de um profissional. Mas se você é do time que gosta de um DIY, mais conhecido como “Faça você mesmo”, nós trouxemos novidades.

Como citamos acima, há muitos materiais que podem servir de matéria prima para esses tijolinhos. Pensando na praticidade e também em trazer ideias de baixo custo, nós selecionamos três tipos para você fazer aí na sua casa.

EVA

Se você nunca pensou que um EVA poderia ser transformado em um lindo tijolinho branco, fica aqui um novo aprendizado. Com esse material, é possível trazer um visual mais clean para o ambiente, sendo muito indicado principalmente para quem não possui o imóvel e mora em uma casa alugada.

Para fazer uma parede de EVA, além da folha, você vai precisar fazer um molde de cartolina de 20x8cm. Após confeccionar todos os tijolinhos, utilize cola branca ou de contato para fixar na superfície lisa. Espere algumas horas até que eles estejam colados totalmente na parede e agora é só partir para a pintura, que normalmente necessita de duas ou três demãos de tinta.

Isopor

Mais uma dica de matéria prima de baixo custo para decorar a sua parede. Para montar os tijolinhos de isopor, é possível seguir o mesmo processo do EVA. A única etapa diferente, caso você queira deixar a textura mais rústica, será necessário o auxílio de um ferro de solda.

Gesso

As placas de gesso também são uma solução econômica. Embora seja necessário mais cuidados durante o processo, esse material traz mais elegância e durabilidade do que os demais.

Para a produção dos tijolos, é necessário:

1 molde de silicone de gesso 3D;
1 régua ou espátula plateia;
1 recipiente de plástico para fazer a mistura do material;
1 colher e esponja úmida;
gesso em pó;
água.

Inicia-se o processo adicionando 1 copo de água cheio no recipiente de plástico. Após isso, coloque o pó de gesso aos poucos na vasilha, cerca de 700 gramas, dependendo do molde escolhido.

Depois de misturar, aguarde algum tempo para que a água absorva totalmente o pó. Agora, com calma, comece a colocar a massa nos moldes, sempre dando uma batida para deixar a forma preenchida corretamente. Antes de esperar secar, utilize a régua para tirar possíveis excessos, deixando o material liso.

Agora que você já aguardou a secagem, tire o material do molde com cuidado e faça a aplicação na parede. Para isso, será necessário uma cola específica para gesso ou argamassa.

4 elementos para montar um cantinho da leitura na sua casa

A leitura é um hábito muito importante para o desenvolvimento humano. É por meio dela, que desde crianças somos estimulados a ampliar nosso conhecimento e exercitar a imaginação.

Embora ela possa ser feita em qualquer lugar, com livros físicos ou digitais, a ideia de ter um espaço aconchegante em casa criado especialmente para a leitura é incrível. Atentos a isso, nós do Clic da Obra trouxemos dicas para quem quer ter um ambiente assim. Para isso, serão necessários 4 elementos:
Poltrona

Para deixar a leitura ainda mais gostosa, nada com uma poltrona confortável. Pela manhã, antes de iniciar o dia ou à noite, após um longo período de trabalho, não há sensação mais aconchegante. Há diversos modelos disponíveis no mercado, que variam de cores, tipo de material e preço.

iluminação

Uma boa iluminação é essencial para esse cantinho. Ela pode ser vinda de forma natural, se for próxima a janelas, por exemplo, ou artificialmente com ajuda de luminárias.

Estante, nichos ou prateleiras

Se possível e houver espaço, uma boa ideia é colocar nichos, estantes ou até prateleiras para guardar os livros. Além de trazer beleza ao ambiente, ele também oferece praticidade ao ter os exemplares próximos.

Pintura e decoração

Para os que querem apostar em um local mais completo, a pintura e decoração com quadros também é indicada. Opte por cores claras e que tragam conforto durante a leitura. Evite cores fortes como vermelhos ou laranjas.

E você, ficou com vontade de ter um espaço assim aí na sua casa?

O estilo de decoração que você precisa conhecer

O mundo da decoração não para. Todos os anos são apresentados ao público novos estilos de decoração, que muitas vezes, ganham o coração e se tornam presentes nas casas de milhares de pessoas.

Embora existam estilos que nunca saem de moda, como clássicos e rústicos, alguns deles têm ganhado destaque, como o minimalista. O design que preza pela simplicidade e traz consigo o “menos é mais”, é uma das tendências que tem se mantido em alta nos últimos tempos.

Mas agora, uma novidade está fazendo sucesso no mundo, o Japandi. O estilo de decoração, que mistura a elegância escandinava com o minimalismo japonês, foi considerado o maior movimento do setor de design de 2018, mas só agora começou a ganhar o gosto das pessoas.

Nas cores, além dos tons claros e básicos, como branco e bege, o Japandi também preza pelos verdes e azuis suaves e escuros. Outro elemento predominante no design são as matérias-primas naturais, como madeira e bambu, além do metal.

Aos que têm vontade de trazer o estilo para decoração dentro de casa ou escritório, a arte também é uma característica deste modelo. Objetos artesanais feitos de cerâmica são uma ótima opção.

Conhecendo os tipos de viga

Para que uma construção seja feita com segurança, é preciso uma série de procedimentos. Começando por um projeto, com ajuda de engenheiros e arquitetos, passando pela busca por profissionais qualificados e por fim a escolha dos materiais.

Embora muitas pessoas fiquem ansiosas pela fase da procura de revestimento, com pisos e pinturas, ou até pela etapa de decoração, de acordo com suas preferências, um dos processos mais importantes é o da construção da base do futuro imóvel.

As vigas, por exemplo, são fundamentais para garantir a sustentação do prédio. Isso porque, de estrutura reta e horizontal, elas são utilizadas para distribuir o peso da cobertura em meio às colunas.

Existem diversos tipos de viga, e, para você entender melhor, selecionamos alguns deles. Confira abaixo!

Viga de aço

Se você acompanha o nosso blog, já deve ter lido a nossa publicação sobre o Steel Frame. As vigas de aço são utilizadas em métodos de construção como este, conhecidos também como pré-moldados. Elas também estão presentes em edifícios, casas e até em obras maiores como estádios.

Viga de madeira

Embora o aço esteja tomando o seu espaço em diversas áreas dentro das obras, a clássica madeira ainda é muito cobiçada. Esse tipo de viga é utilizada, normalmente, em imóveis que usam a técnica Wood Frame.

Vigas Cantilever

Para os que querem ousar e sair do tradicional, com certeza as vigas cantilever serão a melhor opção. Por ser capaz de fazer a redistribuição de peso, esse tipo de viga, além de ser usada em projetos arquitetônicos mais modernos, também pode ser encontrada em estruturas de pontes.

Como montar uma casa inteligente?

A tecnologia veio para mudar o mundo. Muito além do acesso a internet ou conversas por mensagem ou vídeo, com o auxílio dela, é possível que funções básicas do dia a dia, fiquem ainda mais fáceis de realizar.

No caso das residências, a tendência do momento são as casas inteligentes. Com a automação residencial, os moradores podem acender e apagar luzes, ligar ventiladores e abrir cortinas usando apenas comando de voz, ou até limpar a casa com ajuda de um robô.

Embora possa parecer complicado e necessário grande investimento para construir um espaço assim, saiba que com apenas alguns itens você pode transformar a sua casa. Para você entender melhor, selecionamos produtos que podem auxiliar neste processo. Confira abaixo!

Assistente Virtual

Não tem como montar uma casa inteligente sem os smart speakers. Você já deve ter ouvido falar de alguns deles por aí, como a Alexa, Echo Dot da Amazon e a Google Assistente, da Google.

Com auxílio desses dispositivos, é possível programar lembretes, definir alarmes, tocar músicas em diferentes streamings, fazer ligações e até integrar produtos eletrônicos da casa, como lâmpadas e televisão.

Iluminação

Foi trabalhar e esqueceu a luz acesa em casa? Com as lâmpadas inteligentes isso não será mais problema. Por meio de um celular, você tem acesso a cada interruptor, podendo acendê-las e apagá-las quando quiser. Além disso, ela também aceita comandos de voz.

No mercado, elas estão disponíveis em diversas cores, das básicas, como branco frio e quente até tons mais divertidos como amarelo, vermelho, roxo, azul, verde, laranja e vários outros.

Tomadas inteligentes

Embora existam eletrodomésticos inteligentes como geladeiras e máquinas de lavar, esses itens podem não caber em qualquer bolso. Por isso, uma ótima alternativa são as tomadas inteligentes.

Com valores que começam em R$ 100, você pode conectar ventiladores, televisores e o que mais quiser. O controle pode ser feito por meio de um celular ou até pelas assistentes virtuais. Isso porque essas tomadas são compatíveis com as smart speakers.

Limpeza

Depois de um dia longo de trabalho, nada como chegar em casa e dar de cara com o ambiente limpo. Isso é possível com ajuda do aspirador de pó robô. Esse aparelho conta com mapeamento inteligente e sensor inteligente de bateria, e os valores variam entre R$ 1500 a R$5000 reais.

Vai de que, ferro ou aço?

O ferro é um dos elementos mais importantes dentro da construção civil. Além de ser utilizado em construções de prédios e casas, é através dele que se originam materiais como o aço. Falando em aço, você sabe o que difere esses dois elementos?

Ferro

O ferro é um tipo de minério encontrado diretamente na natureza e, por isso, acaba sendo uma matéria prima mais cara. Sua aplicabilidade em construções é feita em estruturas de base e é normalmente utilizado em obras em pontes e edifícios.

Além da composição, ele também se difere do aço no uso de edificações de casas. Enquanto o aço é mais utilizado em torneiras e barras de aço para sustentação, neste tipo de construção, o ferro é usado para portas, barras de ferro e também janelas.

Aço

O aço é produzido a partir da ligação entre o ferro e o carbono. Essa mistura foi desenvolvida com o objetivo de produzir um material mais mais maleável, de fácil utilização e até mais resistente.

A liga metálica pode ter aplicabilidade em edificações e armaduras. A primeira, edificação, é feita uma base estrutural através de vigas, pilares, etc. Já no segundo, ele pode ser aplicado em forma de armadura.

Ou seja, existem duas diferenças principais: a composição de cada material e o seu uso na construção civil. Por isso, antes de adquirir um dos dois, é preciso entender exatamente em que o material será utilizado.

4 dicas para você escolher a cadeira certa para o seu home office

Com a chegada do novo coronavírus, muitas empresas tiveram que mudar o seu regime de trabalho. Os colaboradores, que antes se dirigiram até a sede e escritórios da companhia, começaram a trabalhar dentro de suas casas.

Com a incerteza de quanto tempo esse novo estilo de trabalho duraria, muitos funcionários criaram um home office provisório, sem um espaço adequado ou estrutura confortável. Embora muitas empresas, após quase um ano, já começaram, aos poucos, a voltar ao regime presencial, algumas optaram por continuar com seus colaboradores trabalhando de casa, mesmo após o fim da pandemia.

Pensando nisso, nós do Clic da Obra queremos lhe ajudar a estruturar um espaço confortável para exercer suas atividades. Para isso, nós selecionamos 4 dicas para você escolher a cadeira certa para o seu home office. Confira abaixo!

Ambiente

É importante que antes de fazer a escolha da cadeira, você fique atento ao tipo de piso em sua casa. Para os pisos frios, como cerâmica ou madeira, é indicado os rodízios com banda de rodagem em PU. Já para carpetes ou tapetes, os rodízios devem ser de nylon.

Ergonomia

Existem cadeiras adequadas para cada tipo de jornada, para as mais longas, as quais as pessoas passam horas sem se levantar, recomenda-se que, no mínimo, o objeto tenha encosto dorsal mediano e levemente côncavo. A densidade indicada é entre 45 e 65.

A ergonomista Adelaide Moraes, traz algumas sugestões e observações a serem feitas antes da compra. “Observe se a cadeira apoia bem a região da coluna, mantém os pés no chão, permite que o braço e antebraço formem ângulo de 90 graus durante a digitação e que os olhos estejam na altura da metade superior da tela”, acrescenta.

Qualidade

Estabeleça um limite de gastos antes de iniciar a busca por uma cadeira. Embora haja diversos modelos de baixo custo no mercado, muitas vezes vale a pena investir mais e ter garantia de conforto. Procure por reviews positivos e qualidade do produto.

Conforto x beleza

Sabemos que há diversos tipos de cadeiras disponíveis e que muitas delas têm designs incríveis, mas antes da beleza, é importante que você preze pelo conforto. Não deixe levar-se apenas pela aparência.

Dicas de decoração gastando pouco? Nós temos!

Quem disse que para fazer mudanças dentro de casa é preciso gastar muito, está enganado. É possível deixar um ambiente totalmente diferente, com algumas modificações básicas, como mover os móveis de lugar ou então com o uso de prateleiras ou porta-retratos. 

Já para os que gostam de colocar a mão na massa, a pedida pode ser a pintura de paredes. Com apenas duas ou três demãos de tinta, um ambiente pode ser transformado. Você sabia, por exemplo, que a cor da tinta pode influenciar diretamente na proposta da decoração? Ela é capaz de alterar dimensões, formas e até na iluminação de um ambiente.  

Falando em pintura, por que não começarmos nossas dicas de decoração – de baixo custo, com ela? 

Pintura e as cores 

Como já citamos acima, as cores têm grande influência no sentimento e percepção das pessoas.  Por isso, se você está pensando em apostar na pintura, nós listamos alguns tons e as sensações que eles podem despertar em um ambiente.

Branco

Indicado para ambientes como cozinhas, banheiro e área de serviço, o tom branco traz sensação de paz, conforto e calma! Além disso, ele também é versátil e pode ser combinado com outras cores.

Preto

Para quem procura modernidade e sofisticação, o preto é uma ótima escolha.  Mas é preciso cuidado, porque a cor em excesso pode deixar o espaço pesado.

Azul

O tom azulado é indicado para os quartos. Por seu efeito calmante, ele é bom para áreas de descanso.

Amarelo

Se você quer deixar o ambiente mais divertido e descontraído, o amarelo é a cor que você procura. Porém, assim como o preto, é preciso saber dosar a quantidade para que não acabe atrapalhando e trazendo sensações negativas. 

Espelhos

Para os que querem evitar quebra-quebra ou uso de tinta, os espelhos são uma ótima opção. Indicados principalmente para salas de estar e quartos, este acessório pode ser encontrado em vários formatos e ainda traz a sensação de amplitude para ambientes menores.

Quadros

Se tem item mais versátil que o quadro em uma decoração, nós desconhecemos! Uma dica é se jogar nas composições, mesclando tamanhos, estilos e molduras diferentes. Essa mistura, chamada de Gallery Wall, é uma das tendências. 

Se você ficou interessado e quer apostar na pintura, espelhos ou quadros para mudar algum cômodo da sua casa, então não pode deixar de acessar o site do Clic da Obra! 

Pensou em versatilidade, falou em cimento!

É impossível pensar em reformas ou construção sem lembrar do cimento. O aglomerante hidráulico é um dos produtos mais utilizados nas obras e pode ser usado em nivelamento de paredes, assentamento de tijolos e até na fabricação de blocos de concreto.

Normalmente, esse produto, vendido em forma de pó cinza, é misturado com outros componentes como areia, água e pedras. Sua origem pode ser argilosa, calcária, ferruginosa ou silicosa. 

Para você entender quais as possibilidades desse produto, nós listamos os tipos de cimento e suas combinações. Confira abaixo!

Argamassa de alvenaria

Para fabricação da argamassa, é necessário a mistura de 1 porção de cimento e 3 de areia. Além disso, a massa também recebe um aditivo impermeabilizante. Esse tipo de combinação é utilizado para revestimentos impermeáveis e pisos. 

Emboço

Indicado para nivelamento de paredes irregulares, o emboço tem origem a partir da mistura de 1 porção de cimento, 2 de cal e 8 de areia.

Alvenaria de elevação

Precisa assentar muros e edificações mais altas? Alvenaria de elevação é a solução. Para sua fabricação, é necessário 1 porção de cimento, 2 de cal e 7 de areia. 

Concreto colante

Como o próprio nome já traz, o concreto colante tem grande poder de fixação. Muito usado em obras, é indicado que este seja adquirido já pronto. 

Reboco
Normalmente utilizada para acabamento em superfícies lisas, o reboco é fabricado a partir da combinação de 1 porção de cimento, 9 de areia e 2 de cal.